Domingo, 22 de outubro de 2017
"A adoração que mais impressiona a Deus, às vezes, vem sem palavras" (Ap. Sinomar).

Nosso Nível de Maturidade

Em Oséias 6:3 lemos: “conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor”.
 
Não há limites para conhecer a Deus, pois Ele é infinito. Para conhecer a Deus é necessário ter fome e sede da sua presença. A presença vem pela fome que temos Dele, em ouvir a palavra, em falar com Ele através da oração e pela vida de santidade sem a qual ninguém se aproxima de Deus.
 
Em Gênesis 17:1 Deus diz a Abrão: “Anda na minha presença e sê perfeito... e te multiplicarei”. Conhecer não é ter informação intelectual (a letra mata, mas o Espírito Santo traz o Rhema, que é a vida da letra). Conhecer é ter experiência, viver juntos, conversar, ouvir, meditar. Paulo dizia que sabia em quem tinha crido. Jó disse: “Antes eu o conhecia somente de ouvir”.
 
O crescimento no conhecimento de Deus, determina a nossa idade espiritual (I Jo 2:12-14). Quanto mais conhecemos a Deus, mais crescemos n’Ele. Não é o tempo de conversão, mas o nível de conhecimento de Deus é que mede a nossa maturidade.
 
1- Primeiro Nível: Filhinhos
 
Os pecados perdoados. Isso nos fala do início da vida cristã
 
Características dos filhinhos:
 
- Festa no nascimento
- Idade do “dá-dá”
- Indefeso
- Sujeito a fraquezas
- Egoísta
- Chora até conseguir o que quer
- Não sabe enfrentar dificuldades e perigos
- Começa a formar hábitos.
 
Os filhos são a alegria de uma casa. Onde tem filhos tem vida, tem espontaneidade, tem barulho.
 
2 – Segundo Nível: Adolescência
 
É a época de transição e transformação.
 
Características dos adolescentes:
 
- Quer mudar o mundo
- Crise de identidade
- Sofre transformação no corpo (tratamento de Deus para formar o caráter e curar a alma)
- Sonhador mas não se esforça pelos sonhos 
- Apaixonado mas sem atitudes de amor 
- Sonha com o que vai ser quando crescer
- Tempo de estudos
- Tem seus heróis 
- Questionador – tem dificuldades em obedecer 
- Gosta de criticar, mas fica magoado quando é criticado 
- Tem ciúmes dos irmãos (Ex. irmão do filho pródigo)
- Gosta do louvor som alto... não sabe ainda o que significa a adoração
- Não tem firmeza de decisões – altos e baixos
 
3 – Terceiro Nível: Jovem
 
São aqueles vencem o maligno e, por isso, são fortes; e a Palavra de Deus permanece na sua vida.
 
Características dos Jovens
 
- Já definiu a vida de santidade e tem consciência do chamado
- É guerreiro
- Ainda entra em conflitos sobre as escolhas a fazer (casamento, profissão)
- É sonhador e corre atrás dos sonhos – sonha em constituir uma família com filhos
- É adorador, tem palavras proféticas
 
4 – Quarto Nível: Pais
 
São os que conhecem a Deus. Isso é um ministério apostólico, ou de paternidade. Somos um Ministério Apostólico. Temos que sair da posição de “filhinhos de papai” para sermos “papais de muitos filhinhos”
A visão celular é uma visão paternal. A maior crise hoje é a falta de pai.
 
Características do pai espiritual:
 
- Frutifica 
- Tem convicção da vontade de Deus e do chamado
- Possui alvos claros
- Não se abate por causa das batalhas
- Depende de Deus
- Conhecido pelo amor 
- Ensina os filhos no caminho em que devem andar 
- As dificuldades não o detém 
- Cuida dos filhos com a correção necessária
- Se esforça para passar herança aos filhos
- É paciente 
- Possui linguagem madura  
- Tem uma palavra profética para seus filhos
- Faz a conexão das gerações
 
O termo “pai”, no hebraico, significa: fundador, iniciador, guia, mestre, protetor, o que nutre, o que governa, fonte e líder. O termo foi usado para os apóstolos e anciãos que estruturaram a Igreja. Era designado a eles o trabalho de desenvolver os discípulos até a maturidade. Vejamos outras características principais dos pais:
 
- Desejo de reproduzir-se em seus discípulos
- Tem como meta conduzir os discípulos ao seu destino profético
- Formador de discípulos e de ministérios
- Disposto a investir nos discípulos para que sejam frutíferos
- É uma fonte do Espírito e da revelação da Palavra de Deus
- É um nutridor de vocação ministerial
- Provê qualidade de vida para outros e reparte sua unção para seus filhos
- Admoesta, exorta, corrige e disciplina
- Alimenta com responsabilidade e amor
- É protetor e dá cobertura
- Supera as dificuldades transformando-as em oportunidades
- Age por propósito e não por sentimentos
- Possui visão missionária, tem olhos para as nações, mas não abandona o seu posto local
- Tem sabedoria de Deus para lidar com situações complicadas
- A transformação da nação bate forte no seu coração
© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb