Terça, 23 de setembro de 2014
"Deus, em sua sabedoria, faz com que as mais belas rosas nasçam entre espinhos para que não sejam soberbas" (Ap. Sinomar).

Como Recuperar a Visão de Deus Para Minha Vida

Quem já viu uma pessoa que era cega e voltou a ver? A audição, o tato, o paladar e o olfato são sentidos muito importantes e necessários para o ser humano, porém sem a visão tudo é muito mais difícil.
 
Muitos nascem cegos ou com pouca visão, e esses sofrem muito na vida, pois as dificuldades e as barreiras são maiores, sem contar que há algumas coisas que eles nunca farão sozinhos (sem ajuda de algum equipamento): Dirigir um carro, pilotar um avião, mergulhar, ser um cabeleireiro, atirar, etc.
 
E há outras coisas que, para eles fazerem, vão correr um perigo maior do que os outros: Cozinhar, cortar algumas coisas, andar de ônibus sozinho, etc.
 
Mas a pior coisa que pode acontecer é a pessoa se conformar com a cegueira ou com a pouca visão. Você pode imaginar a alegria de uma pessoa que era cega e passou a ver? Quando passamos a ter uma visão clara das coisas tudo se transforma em nossa vida, tudo muda.
 
No céu há uma grande alegria do anjos quando alguém passa a enxergar, eles fazem festa porque é algo tremendo quando uma pessoa passa a ter uma visão clara em sua vida. Na vida espiritual é a mesma coisa, na igreja acontece o mesmo. Há pessoas que estão cegas ou têm pouca visão. Por causa disso há coisas que elas não podem fazer e outras que para elas é muito difícil e perigosa de se fazer. Porém Deus se alegra quando alguém passa a ter uma visão do Reino de maneira clara.
 
Segundo o texto de Marcos 10:46-52, o cego Bartimeu tinha olhos, mas era cego, não tinha visão. Dentro da igreja há pessoas assim que têm olhos, mas não têm visão. Até acham que têm porque fazem algumas coisas da visão, mas na verdade ainda não têm a visão. Os olhos espirituais de muita gente ainda não se abriram. É preciso ver o mundo espiritual, porque as coisas espirituais se discernem espiritualmente. Se não temos a visão que vem de Deus podemos errar ou sairmos do propósito de Deus para nós. O cego Bartimeu vivia à beira do caminho, não no caminho. O Senhor nos quer no caminho e não à beira do caminho, sementes que caem à beira do caminho nem sempre crescem e dão fruto, diz a parábola do semeador.
 
Há um exemplo muito bom que fala sobre um lugar onde as pessoas não têm visão ou pouca visão. Dizem que foi feita uma experiência, onde colocaram quatro cegos diante de um elefante. Então mandaram os cegos apalparem o que estava diante deles e dizer o que estavam “vendo”, então:
 
O primeiro cego apalpou na barriga do elefante e disse – Vejo uma grande parede, é alta, mas é mole.
O segundo cego apalpou na cauda do elefante e disse – Vejo uma vassoura, mas está na ponta de uma corda.
O terceiro cego apalpou na perna do elefante e disse – Vejo uma coluna muito firme, mas mal feita. Está toda enrugada.
O quarto cego apalpou as presas do elefante e disse – Vejo uma espada pontuda, mas ela é redonda.
 
Moral da história: Mesmo estando diante de algo muito grande e tão óbvio, sem visão as pessoas vão tirar conclusões diferentes. Mesmo estando diante de coisas grandes e comuns, quando as pessoas não têm visão elas não sabem discernir o que está diante delas.       Sem visão só há interpretações errôneas! Cada um pensa de um jeito em relação à mesma coisa porque falta visão. Por causa disso, cada um faz de um jeito diferente por pensar diferente em relação à mesma coisa.
 
Segundo o texto do cego Bartimeu concluímos que a falta de visão gera:
 
» Miséria
» Desânimo
» Vida fora do propósito
» Falta de sentimento de valorização própria
» Desespero
» Convívio limitado com as pessoas
» Indiferença por parte das pessoas
» Perda do mover de Deus
» Sentimento de auto-piedade
 
 
Quando o maligno quer tirar alguém de cena ele lhe tira a visão (Ex.: Sansão). Precisamos que Deus restaure a nossa visão, precisamos que Deus nos cure e nos restaure. Sem visão dependemos da misericórdia dos outros. Sem visão saímos do propósito de Deus e vivemos à beira do caminho. Quando nos humilhamos e nos quebrantamos, Deus nos mostra uma nova visão - “Mostrarei coisas grandes e ocultas...” (Jr 33:3).
 
Não podemos desistir da idéia de ver o cego não desistiu da decisão de ver. Não podemos desistir da bênção.
 
Quem não tem visão perde o ânimo. Quem perde o ânimo se torna um veneno para a equipe, se torna um murmurador. Para os murmuradores cada oportunidade é uma dificuldade, ficam prostrados no deserto de suas próprias vidas (I Co 10:5). Não podemos desistir da bênção, não podemos nos conformar, é preciso ir atrás até alcançar. Para quem tem visão não há barreiras, não há dificuldades, pelo contrário, as dificuldades são oportunidades para crescer.
 
 
Para Recuperar a visão
 
» Abrir o coração para Deus fazer.
» Se humilhar, se quebrantar diante de Deus, mesmo que seja em público.
» Não se deter diante dos que tentam te desanimar, impedir que você tenha a visão
» É preciso orar, clamar por Deus
» Ouvir de Deus (Ele te chama, é preciso saber e querer que Deus execute Seu propósito)
» Responder prontamente ao chamado (não deixar para depois, ou achar desculpas)
» Se animar, se motivar, sair do comodismo, sair da mesmice. Quando nos levantamos em fé os milagres acontecem.
» Tirar a capa (lançar fora as aparências, reconhecer que é cego, não tem visão). É preciso tirar a capa da independência, preguiça, indiferença, medo, egoísmo, auto-suficiência, etc.
» Abrir suas dificuldades para Deus, dizer o que quer: Eu quero ter a visão!
 
A falta de visão gera prostração (I Co 10:5) e murmuração (Êx 14:11,12). Moisés se prostrou quando viu o exército dos egípcios, mas não murmurou. Ele clamou por Deus! O deserto é melhor do que o Egito porque é o caminho para chegar em Canaã (visão). Em Canaã não há maná, há gigantes, tem que plantar para colher. Canaã é a visão. É lá que vamos ser uma grande nação, numerosa.
 
Você é a resposta para milhares de pessoas, mas para isso você precisa agir por fé. O teste para saber se você pode ter ovelhas é se há amor em seu coração pelas almas. Se há amor por Jesus Cristo, e pela Sua vontade (Pedro tu me amas?). O amor é a maior arma para vencer. É o segredo para se ter um rebanho numeroso, para ter ovelhas. Se você ama então pode ter rebanho, pode viver como equipe, mas cuidado! Algumas pessoas que estão bem perto, às vezes são as que mais querem tirar a visão (Ex.: José e seus irmãos).
 
Se o grão de trigo não cair na terra e morrer fica ele só, mas se morrer dá muito fruto. É o amor a Deus que nos leva a tomar a cruz e vivê-la nos relacionamentos diários. Para permanecer na visão é preciso saber tomar a cruz diariamente diz o Senhor Jesus Cristo. Sem a cruz você não vai conseguir.
 
 
Ap. Sinomar Fernandes
Fundador e Presidente do MLP
© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb