Quarta, 16 de agosto de 2017
"A adoração que mais impressiona a Deus, às vezes, vem sem palavras" (Ap. Sinomar).

ESTABELECENDO PRIORIDADES

   “Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e todas essas coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6: 33)

  A primeira prioridade da nossa vida deve ser o Senhor. Como anda a nossa vida devocional para ouvir Deus?

  Certa vez uma dentista já estava cansada de atender emergências durante a noite. Numa madrugada, o telefone tocou e ao atender, uma mulher desesperada do outro lado da linha dizia:

- Doutora, o meu filho está com uma terrível dor de dente e não consegue dormir, a senhora poderia atende-lo agora?

  A dentista pensava tratar-se de um garotinho de cinco ou seis anos e perguntou:

- Qual a idade do seu filhinho?

  A dentista ficou irritada quando a mãe respondeu que o filho possuía 27 anos.

  Ao ouvir a resposta, a dentista acidentalmente puxou o travesseiro e o telefone desligou da tomada sem que ela percebesse. O telefone ficou mudo e depois não tocou mais.

  A dentista, uma serva de Deus falou com o Senhor:

- Senhor, porque é que essa gente não vai ao dentista regularmente, em vez de aparecer apenas quando sentem dores, e ainda de madrugada?

  Quando ela conseguiu ficar quieta o suficiente para ouvir a voz de Deus, ela conseguiu perceber o que Deus lhe dizia:

- Agora, filha, você sabe como eu me sinto.

  Quantos de nós só procuram por Deus a cada seis meses, para fazer check-up espiritual, quando um conferencista de renome faz um apela de consagração?

  Quantas vezes recorremos ao Senhor somente quando temos uma emergência, em vez de o procurarmos diariamente?

  Muitas são as vezes que perguntamos algumas coisas a Deus e não nos aquietamos para ouvi-lo e até chegamos a dizer que Ele não nos ouve.

  Entramos num ativismo sem fim e não temos tempo para Deus. A única forma de resolver o ativismo é estabelecer prioridades no dia a dia da vida.

  Se você ao se levantar fosse até a caixa de correio e encontrasse as seguintes correspondências: Conta de luz, extrato de crédito, panfletos de promoções de supermercado e uma carta de Deus. Qual envelope você abriria primeiro? Tenho certeza que todos nós abriríamos primeiramente a carta de Deus, não é verdade?

  A carta de Deus (a Bíblia) deveria ser o primeiro envelope a ser aberto. Mas não é isso o que fazemos na prática. Ouvir o que Deus tem a dizer dica para outro horário, outro dia, quem sabe no domingo? Na verdade, precisamos distinguir o que é urgente, importante e inadiável.

  Organizemos o nosso dia começando pelo inadiável, depois o que é urgente, e por último o que é importante. Este é o último recurso para organizar a nossa vida. 

© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb