Terça, 24 de outubro de 2017
"Precisamos seguir as pegadas de um Deus sonhador e não parar de sonhar, nunca." (Ap. Sinomar)

O PODER DA DECISÃO

 “No terceiro ano do reinado de Jeoaquim, rei de Judá, Nabucodonosor, rei da Babilônia, veio a Jerusalém e a sitiou. E o Senhor entregou Jeoaquim, rei de Judá, nas suas mãos, e também alguns dos utensílios do templo de Deus. Ele levou os utensílios para o templo do seu deus na terra de Sinear e os colocou na casa do tesouro do seu deus. Então o rei ordenou que Aspenaz, o chefe dos oficiais da sua corte, trouxesse alguns dos israelitas da família real e da nobreza; jovens sem defeito físico, de boa aparência, cultos, inteligentes, que dominassem os vários campos do conhecimento e fossem capacitados para servir no palácio do rei. Ele devia ensinar-lhes a língua e a literatura dos babilônios. O rei designou-lhes uma porção diária de comida e de vinho da própria mesa do rei. Eles receberiam um treinamento durante três anos, e depois disso passariam a servir o rei.Entre esses estavam alguns que vieram de Judá: Daniel, Hananias, Misael e Azarias. O chefe dos oficiais deu-lhes novos nomes: a Daniel deu o nome de Beltessazar; a Hananias, Sadraque; a Misael, Mesaque; e a Azarias, Abede-Nego. Daniel, contudo, decidiu não se tornar impuro com a comida e com o vinho do rei, e pediu ao chefe dos oficiais permissão para se abster deles.

E Deus fez com que o homem fosse bondoso para com Daniel e tivesse simpatia por ele (Daniel 1:1-9).

Precisamos tomar decisões todos os dias:

 

·      Com quem casar?

·      Em que escola estudar?

·      Qual profissão escolher? 

Uma decisão errada pode afetar toda a nossa vida.

 

1 - UMA DECISÃO PODE MUDAR A SUA HISTÓRIA

 

Decisão que mudou a história de Daniel: Decidiu não se contaminar e isso contribuiu para que sua história fosse mudada. Por causa dessa decisão Deus o abençoou sobremaneira e o honrou no império babilônico.

 

Os amigos de Daniel também tiveram que decidir se se curvariam diante da estátua de Nabucodonosor, rei da Babilônia. Decidiram não se curvar e foram protegidos por Deus das chamas assassinas da fornalha ardente. Quando optamos pela obediência a Deus, nem mesmo uma nação inteira pode nos destruir. O contrário também é verdadeiro: Jesus disse à Igreja: “Ide e fazei discípulos de todas as nações” (Mt 28:19). Isso foi uma ordem e não uma sugestão. Todos aqueles que não se envolvem nesse projeto de Deus, vivem tristes, deprimidos, com portas fechadas, frustrados, descontentes e mornos. Jesus disse: “Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6:33). Todos nós somos desfiados a orar por quatro pessoas e levá-las a Cristo em um ano. Estamos diante de um desafio: obedecer e fazer com alegria o que Deus mandou, ou não obedecer deixando as almas sem salvação. Muita gente está com o futuro eterno em nossas mãos.

 

Da mesma forma que Deus mudou a história de Daniel, pode também mudar a sua história. Tomar a decisão acertada é algo difícil que pode exigir certo sacrifício.

  

2 - NÃO HESITE - A HESITAÇÃO CONDUZ AO INSUCESSO 

Pilatos havia decidido deixar Jesus livre, mas por causa da pressão dos principais sacerdotes e dos anciãos decidiu entregar Jesus para ser crucificado. Pilatos estava indeciso e quem não se posiciona, acaba tomando decisões erradas.

“O Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, o Deus dos nossos antepassados, glorificou seu servo Jesus, a quem vocês entregaram para ser morto e negaram perante Pilatos, embora ele tivesse decidido soltá-lo” (At 3:13) 

“Pilatos perguntou à multidão que ali se havia reunido: Qual destes vocês querem que lhes solte: Barrabás ou Jesus, chamado Cristo? Porque sabia que o haviam entregado por inveja. Estando Pilatos sentado no tribunal, sua mulher lhe enviou esta mensagem: Não se envolva com este inocente, porque hoje, em sonho, sofri muito por causa dele. Mas os chefes dos sacerdotes e os líderes religiosos convenceram a multidão a que pedisse Barrabás e mandasse executar a Jesus.



Então perguntou o governador: Qual dos dois vocês querem que eu lhes solte? Responderam eles: Barrabás”! (Mt 27:17-22).

 

Uma pessoa ou um povo indeciso não poderá agradar a Deus. O que Deus disse ao povo de Israel num tempo de decisões? “Elias dirigiu-se ao povo e disse: Até quando vocês vão oscilar entre duas opiniões? Se o Senhor é Deus, sigam-no; mas, se Baal é Deus, sigam-no. O povo, porém, nada respondeu” (I Rs 18:21).

 

A indecisão pode nos levar à morte – os lutadores de MMA que o digam. Uma aeronave de sessenta e sete atletas uruguaios certa vez caiu na Cordilheira do Andes, no Peru. Cinquenta atletas morreram na hora do desastre e dezessete sobreviveram. Depois de alguns dias sem comida ou bebida, começaram a comer as carnes dos colegas mortos, os quais faziam parte da mesma corporação. Estavam ali esperando a morte chegar numa temperatura abaixo de 30 graus negativos. De repente alguém tomou uma decisão: Decidiu caminhar sobre o gelo em linha reta – um amigo o acompanhou. Dois dias depois, completamente debilitados, foram vistos por um camponês da região que os socorreu e buscou socorro para todos os outros.

 

3 - UMA DECISÃO ACERTADA PODE MUDAR, PARA MELHOR, O FUTURO DE MUITA GENTE

 

·      Estando na Babilônia, Daniel decidiu não se contaminar;

·      José no Egito decidiu não ceder aos encantos da mulher de Potifar – seu patrão;

·      O Apóstolo Paulo decidiu pregar o evangelho enquanto ele vivesse a partir do momento em que conheceu a Cristo;

·      Mais tarde em Corinto, o apóstolo Paulo, mesmo sendo muito bem preparado intelectualmente, decidiu nada saber, mas depender totalmente do Senhor, para levar a mensagem vinda do céu para os coríntios e para nós:  Pois decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado” (I Co 2:2).

 

4 - A MINHA DECISÃO

Já tive que tomar muitas decisões que seriam imutáveis em minha vida. Uma delas, foi quando em 1987, decidi fundar o “Ministério Luz Para os Povos” (estaremos completando 30 anos no próximo ano). Não era fácil! A igreja ainda era pequena e com poucos recursos. A minha equipe tinha pouca experiência, mas eu tinha uma palavra de Deus para obedecer. Hoje estamos espalhados pelo mundo com centenas de igrejas. Aquele gesto de obediência pode ter mudado a história de milhares de pessoas, de uma cidade, de uma nação e provavelmente do mundo (cite seus exemplos).

Imaginemos dois jovens que desejariam cursar uma faculdade. O primeiro decide e, em cinco anos, as suas possibilidades de vencer na vida se tornam ampliadas. O segundo deixa passar os cinco anos e não toma nenhuma decisão; sua vida não vai mudar, suas perspectivas continuarão as mesmas. Ele se tornou uma pessoa triste, e sem esperança profissional. Você se identifica com algum desses dois jovens?

Hoje é dia de decisões: 

·      Decida como será seu futuro

·      Decida melhorar seu casamento

·      Decida ser 100% fiel a Deus

·      Decida ser 100% fiel ao seu ministério

·      Decida sair desse marasmo espiritual e viver uma vida plena

·      Decida não se contaminar com o mundo

·      Decida ser fiel dizimista

·      Decida decidir

© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb