Domingo, 22 de outubro de 2017
"Quem se fixa na escuridão não consegue ver o brilho e a exuberância das estrelas" (Ap. Sinomar).

VIDA ABRASADA PELO ESPÍRITO SANTO

  A presença do Espírito Santo é central e vital para as atividades da Igreja de Cristo na terra. Nada vale mais do que esta verdade. Sem o Espírito, a sabedoria é falha e a força humana é fraqueza.

  A instrução e a cultura são cegas para as verdades espirituais, até que Ele, o Espírito Santo, as ilumine. A adoração é mera idolatria, até que Ele a inspire. A pregação se torna vazia se não houver nela uma demonstração do poder do Espírito.

  Recursos humanos, de alta erudição, organização, dinheiro, entusiasmo, reforma e filantropia, de nada valem se o Espírito de Deus não lhes imprimir o selo de sua presença.

  A energia da carne pode produzir belas experiências, criar momentos agradáveis em certos auditórios e levar as multidões ao delírio, mas é a presença do Espírito Santo que transforma a igreja no templo do Deus vivo.

Muitos perguntam: A plenitude ou o batismo do Espírito Santo é para nós hoje? A Bíblia responde:

E, depois disso, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os velhos terão sonhos, os jovens terão visões (Jl 2:28).

Pois João batizou com água, mas dentro de poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo" (At 1:5).

Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai que está no céu dará o Espírito Santo a quem o pedir! " (Lc 11:13).

O último mandamento de Jesus a seus discípulos foi sobre a plenitude ou enchimento do Espírito Santo.

Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto" (Lc 24:49).

·       Paulo, o maior cristão de todos os tempos, experimentou gloriosa experiência no Espírito. Então Ananias foi, entrou na casa, impôs as mãos sobre Saulo e disse: "Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que lhe apareceu no caminho por onde você vinha, enviou-me para que você volte a ver e seja cheio do Espírito Santo" (At 9:17).

·       Os diáconos eram escolhidos entre os cristãos cheios do Espírito. “Irmãos, escolham entre vocês sete homens de bom testemunho, cheios do Espírito e de sabedoria. Passaremos a eles essa tarefa” (At 6:3).

·       Os samaritanos foram cheios do Espírito logo após sua experiência de conversão. “Os apóstolos em Jerusalém, ouvindo que Samaria havia aceitado a palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João.







Estes, ao chegarem, oraram para que eles recebessem o Espírito Santo” (
At 8:14,15).

·       Cornélio e outros cristãos gentios foram batizados com o Espírito Santo. “Enquanto Pedro ainda estava falando estas palavras, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a mensagem.







Os judeus convertidos que vieram com Pedro ficaram admirados de que o dom do Espírito Santo fosse derramado até sobre os gentios” (
At 10:44,45).

 

----------------------------

 

·       Pedro, no dia de Pentecostes, afirmou que a promessa da plenitude do Espírito Santo, era para eles, os discípulos, seus filhos e também para as gerações vindouras.  Pois a promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus chamar" (At 2:39).

·       Quando senti essa gloriosa visitação de Deus em minha vida, a minha mente foi tocada. Senti que havia recebido uma faculdade nova de entendimento. Cada força em mim ficou vitalizada até os dias de hoje. Minha energia física foi também vivificada; houve um brotar de novo entusiasmo, uma nova persistência e um estímulo de homem forte para grandes realizações. Algo diferente começou a acontecer. O que havia falhado por esforço demasiado, passou a ser feito sem fadiga. Foi como naquele dia quando o Senhor Jesus entrou no barco e a vitória entrou com Ele. O barco chegou à Terra sem dificuldades.

 

A consciência dessa gloriosa experiência equilibra o intelecto e dá um discernimento além de tudo o que há nos livros. Na verdade, a erudição que o homem adquire sem o auxílio de Espírito, cega-o para as realidades espirituais. Aqueles que julgam conhecer a Palavra de Deus pelo estudo meramente intelectual se enganará totalmente. As verdades espirituais só são discernidas espiritualmente. Isso funciona para todos, inclusive pessoas iletradas e incultas.

“Delas também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito, interpretando verdades espirituais para os que são espirituais” (1 Co 2:13).

A alma pode enxergar com os olhos do coração e só o Espírito Santo lhe permite isso. O conhecimento que é dado pelo Espírito Santo é mais do que simples informações: é um conhecimento que esclarece a verdade, um conhecimento que traz vida, um conhecimento que inspira amor.







--------------------------- 

A experiência com o Espírito Santo é distinta da regeneração. Todos quantos creem, e forem batizados em nome do Senhor Jesus, podem não terem sido batizados com o Espírito Santo.

 

Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, atravessando as regiões altas, chegou a Éfeso. Ali encontrou alguns discípulos e lhes perguntou: "Vocês receberam o Espírito Santo quando creram? " Eles responderam: "Não, nem sequer ouvimos que existe o Espírito Santo". "Então, que batismo vocês receberam? ", perguntou Paulo. "O batismo de João", responderam eles.







Disse Paulo: "O batismo de João foi um batismo de arrependimento. Ele dizia ao povo que cresse naquele que viria depois dele, isto é, em Jesus". Ouvindo isso, eles foram batizados no nome do Senhor Jesus.








Quando Paulo lhes impôs as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e começaram a falar em línguas e a profetizar. Eram ao todo uns doze homens 
(
At 19:1-7).

Na regeneração o Espírito oferece o dom da vida eterna, e todos quantos o receberem estão salvos; no batismo com o Espírito Santo, porém, há o dom do PODER e por ele o crente se torna equipado para o serviço e aparelhado para o testemunho.

São três as características de uma pessoa batizada com o Espírito Santo:

1.     Produz o seu fruto - Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei (Gl 5:22,23).

2.    Recebe ousadia para testemunhar – (ver At 9:27 / 13:46/ 14:3).

3.    Manifesta dons espirituais – (ver 1 Co 12:7-11).

CONCLUSÃO – Sigam o caminho do amor e busquem com dedicação os dons espirituais (1 Co 14:1).

Tenham uma vida abrasada pelo Espírito Santo o tempo todo.

© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb