Quarta, 13 de dezembro de 2017
"Quem se fixa na escuridão não consegue ver o brilho e a exuberância das estrelas" (Ap. Sinomar).

Família se protege

 Uma família abençoada por Deus é uma amostra do que será o céu. Na realidade, uma família onde Jesus Cristo é o Senhor, é um céu prematuro.

A família, depois de Deus, é o que existe de mais importante nesse mundo – é mais importante do que o Estado; é mais importante do que organizações seculares; é mais importante do que amigos.

Aproveito esse “Dia Internacional da Família”, para sugerir aos pais que protejam seus casamentos e protejam a família dos ataques externos. Time ganhador é o que se defende bem. Há um ataque maligno contra a família. Quando casamentos naufragam, afundam também os filhos; sonhos se esvaem e grandes projetos deixam de existir.

A partir de 2012, a cada três casamentos, um foi desfeito. Vejo, portanto, que só o amor não é suficiente em momentos de crise. Precisamos trazer Deus para dentro de nossos lares. Não estou falando de religião – estou falando de genuína conversão. Estou falando de cônjuges transformados pelo poder de Deus.

As colunas que sustentam a família são:

·       Amor;

·       Diálogo;

·       Fidelidade;

·       Consciência de aliança.

Se uma dessas colunas for danificada, qualquer casamento está correndo sério risco de desabar.

- Muitos acham que o amor é um sentimento. Errado!

O amor produz bons sentimentos, mas amar não é sentir – amar é uma atitude. Amar é conhecer o cônjuge e admirar o que ele faz. É olhar para seus defeitos de maneira positiva, com sabedoria e procurar ajudar.

- O diálogo na família é chave. Marido e mulher não podem ter segredos. Pelo matrimônio suas vidas se misturam. Numa família, todos devem cantar a mesma música – no mesmo tom. Quando os pais se dão aos filhos e cultivam com eles um diálogo aberto, esses filhos no futuro, serão cidadãos sarados e cristãos frutíferos.

- A fidelidade conjugal bloqueia todas as investidas do maligno contra a família. Fidelidade produz paz e a paz gera alegria e a alegria cria uma atmosfera de amor.

Pais precisam tirar seus filhos do computador e colocá-los no colo. Maridos e mulheres viciados na internet estão à beira do precipício.

O criador do facebook – Mark Zuckerberg – é, hoje, um dos maiores destruidores de casamento do mundo. Segundo estudos divulgados em 2013 pelo site especializado em divórcios – Divorce-on-line, o facebook é citado como motivo de uma em três separações na Europa e EUA.

O negócio que mais cresce no mundo hoje chama-se “pornografia”, tanto feminina quanto masculina. Esse mercado fatura mais de 150 bilhões de dólares por ano. É mais do que a arrecadação das empresas Google, Aplle, Amazon, Microsoft e Yahoo, juntos. Isso é incrível. Portanto, recomendo a todos neste dia: Protejam seus familiares.

- A consciência de aliança conjugal é também uma coluna forte para a estabilidade da família. No Japão, de modo geral, o amor vem depois do casamento. Aqui no mundo Ocidental, ao contrário, quase sempre, depois do casamento ele se vai. Isso é leviandade!

Muitos, por não conhecerem o propósito de Deus até afirmam que o matrimônio é o sepulcro do amor. Pode até ser do amor louco e sensual, mas não do verdadeiro amor abençoado por Deus. Todavia, o matrimônio é um investimento que só paga dividendos, para quem paga juros.

Concluo dizendo: Sucesso no matrimônio consiste não apenas em encontrar o companheiro certo, mas em ser o cônjuge certo.

Só é feliz quem decide fazer alguém feliz. Em toda a nossa existência, só possuímos e temos aquilo que damos.

Sinomar Siveira - Apóstolo



© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb