Domingo, 30 de abril de 2017
"As oportunidades surgem para todos, mas à porta de cada uma está escrito: Empurre!" (Ap. Sinomar)

As quatro luas de sangue

A Bíblia declara que os sinais, os avisos de Deus para sua Igreja seriam nos céus. Os magos que vieram do Oriente, da Babilônia, encontraram a Jesus, o Messias dos judeus, por causa dos sinais nos céus.

Em Gênesis 1:14 está escrito que os luminares dos céus seriam para sinais e para tempos determinados.

Em Joel 2:30-32 pela primeira vez está escrito que o sol se converteria em trevas e a lua em sangue.

Bem, as Escrituras são claras: Os eclipses serão para nós um sinal de Deus.

No site da NASA (fonte – Google), todos os eclipses lunares, do ano 1500 até hoje estão todos registrados. Em Israel, quando a lua fica vermelha , um tom vivo e vibrante, recebe o nome de “Lua de Sangue”. O sol desaparece e a lua fica avermelhada; nós chamamos isso de “eclipse”.

  • Deus está no controle de todo o Universo. Isso fica claro em Josué 10:12-14, quando aquele guerreiro do Senhor ordena: “Sol, detém-te em Gibeão, e tu lua, no vale de Aijalom. E o sol se deteve e a lua parou...” O Sol parou por quase um dia inteiro: 23 horas e 20 minutos. Os cientistas da NASA, iniciaram uma pesquisa nos dias de 24 horas – desde cerca de seis mil anos atrás até o século XX – visando verificar se houve alguma alteração de lá para cá e descobriram que estava faltando um dia (24 horas); isso se deu cerca de 4 mil anos atrás. Eles ficaram perplexos e foram consultar a Bíblia Sagrada. O que descobriram? Que exatamente nos dias de Josué estava faltando 23 horas e 20 minutos. Mas, e os outros 40 minutos? Continuaram pesquisando e encontraram o seguinte versículo escrito pelo profeta Isaías: “Então o profeta Isaías clamou ao Senhor e fez voltar a sombra dez graus, pelos graus que já tinha declinado no relógio de Acás” (Is 38:8). Ora, 1 grau num relógio de sombra, equivale a 4 minutos. Todos ficaram maravilhados com a veracidade da palavra de Deus. Isso foi comprovado antes de 1969 quando o primeiro homem foi à lua.

Na realidade, o sol deu marcha-a-ré. Isso é incrível! Só o Deus de Israel pode controlar o Universo.

  • Quero nessa oportunidade esclarecer algo muito importante. Portanto, preste atenção!

Na festa da Páscoa, no Calendário Gregoriano (calendário que adotamos hoje no mundo ocidental), no dia 15 de Abril de 2014, aconteceu a primeira “Lua de Sangue”. No dia de SUCOT (Festa dos Tabernáculos) os seja, no dia 8 de Outubro de 2014, aconteceu a segunda “Lua de Sangue”. No dia 4 de Abril de 2015, tivemos outra “Lua de Sangue” e esse evento se repetirá no dia 28 de Setembro deste mesmo ano – ou seja, teremos um eclipse total de Sol.

Portanto, em 2014 e 2015 estamos contemplando 4 eclipses totais seguidos, "linkados", como dizemos hoje. Esse fenômeno se chama Tétrade – nome escolhido pela NASA e usado pelos judeus religiosos.

O que é uma Tétrade? É quando existem quatro sequências de Luas de Sangue. Quando isso acontece, algo inusitado e grandioso se dá em nosso planeta.

Nos últimos quinhentos anos aconteceram três Tétrades; todos se deram no primeiro dia da Páscoa e no primeiro dia de Pentecostes. A páscoa acontece no início do ano judaico – mês de Abibe e Tabernáculos é a última das festas, fechando o ciclo, pois Deus trabalha com ciclos.

Bem, o que acontece com o povo judeu por ocasião das Tétrades?

  • Em 1942, na ocasião da tétrade aconteceu a grande expulsão dos judeus da Espanha. Foram obrigados a procurar um lugar seguro em outras partes do mundo – isso por causa da perseguição da Igreja Católica Romana – e descobriram a América do Norte. Cristóvão Colombo, patrocinado por Dom Abravanel, judeu rico, foi o grande descobridor do lugar seguro, a América. Desta forma conseguiram escapar do que chamamos hoje de Inquisição Espanhola.

Todas as ocorrências de Tétrades, nos últimos 500 anos, estão intimamente ligadas ao povo de Israel, que é o relógio de Deus. Jesus disse: “Olhai para a figueira!” – Leias Lucas 21:25, 26 e 29.

Os céus estão falando! Os céus são o jornal de Deus, o noticiário do Deus Eterno. “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento divulga as obras de suas mãos” (Sl 91:1).

  • Em 1948 aconteceu outra Tétrade. Qual foi o grande fato histórico daquele ano? A guerra da independência de Israel, para se cumprir Isaías 66:8.
  • Em 1967 aconteceu outra Tétrade – o que coincidiu com a guerra dos 6 dias – quando Israel tomou Jerusalém, depois de dois mil anos, para cumprir a palavra profética do Senhor Jesus: “Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem, e haverá sinais no Sol e na Lua” (Lc 21:24,25).

Recentemente o Pr Mark Biltz, judeu messiânico, presidente do ministério “El Shadday, em Washington – EUA” começou a pesquisar essas datas publicadas pela NASA e ficou perplexo quando constatou que, em ambos os calendários, as tétrades aconteceram exatamente na mesma data.

Os religiosos de Israel estão dizendo; “o Messias está voltando!” Eu não ouso dizer o que vai acontecer e não estou profetizando nada. Apenas estou advertindo o povo de Deus: “Os céus são o quadro de avisos luminosos de Deus”.

A Bíblia está nos dizendo: Prestem atenção! 

O que Deus está nos mostrando com as tétrades de 2014 e 2015? Algo glorioso vai acontecer! O juízo de Deus sobre a nações irá começar. “Ora, ao começarem essas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima” (Lc 21:28).

Sinomar F. Silveira  -  Apóstolo

© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb