Sábado, 21 de outubro de 2017
"Quem se fixa na escuridão não consegue ver o brilho e a exuberância das estrelas" (Ap. Sinomar).

Entrevista especial com Silas Malafaia

De todas as coisas necessárias de se  restaurar no meio do povo de Deus, qual a mais importante?

  R: A fome de servir a Deus, porque uma das coisas mais  importantes é você depender de Deus, a autosuficiência é uma coisa muito perigosa, então  nossa dependência de Deus, vai fazer com que agente busque e tenha uma comunhão profunda com Ele.

Acredita que o impacto que você gera na mídia é uma consequência do impacto que os cristãos não tem gerado em outros lugares?

 R: Não, eu sou mais um deles, eu não acho que sou o que causa, acho que cada crente, no seu local de trabalho, onde mora, onde convive ,causa um impacto onde vive , na verdade eu posso estar em uma coisa macro, mas é resultado do impacto de milhões de pessoas naquela região que atua, o povo evangélico onde quer que esteja tem causado impacto , isso sim é importante.

  Você veio a Goiânia para de uma conferência ministerial, você acredita que o papel desse tipo de evento é  fundamental ou apenas faz parte de uma equação?

 R: é importante, acho que Deus trabalha com avivamentos, com renovações, Deus faz isso, aviva sua obra a cada ano, então esse trabalho tem um trabalho de despertar e renovar muito importante.

 A ciência exerce influência tanto na crença como na incredulidade?

 R: Não tem um dado cientifico da bíblia que caiu por terra, esse é o jogo mais idiota pra dizer  que a ciência tem uma base real e a crença tem uma base filosófica, mentira pura, ao contrario, a ciência não sabe nada, tanto e que tem um monte de teorias e as verdades cientificas da bíblia estão ai, então se você quiser usar a ciência pra encontrar Deus é uma opção da pessoa, mas você pode usar a ciência pra mostrar que existe um Deus  criador de todas as coisas , que o mundo nem o homem é obra do acaso.

© 2010 - Todos os direitos reservados Ministério Apostólico Luz para os Povos
www.luzparaospovos.org.br   webdesigner: cristiano souza   sistema: coweb